Zahara de la Sierra, Cádiz

Zahara de la Sierra

Zahara de la Sierra é o menor dos Pueblos Blancos visitados em nosso roteiro de carro pelos Pueblos Blancos e Ronda. E também um dos mais espetaculares, estando situado no alto de um monte, abraçando com suas casas um grande penhasco.

Zahara de la Sierra

Zahara de la Sierra (não confundir com Zahara de los Atunes, também na província de Cádiz) conta com unicamente 1.500 habitantes, que vivem principalmente da agricultura e do turismo. Como todas as cidades do roteiro, suas casas pintadas de branco, uma tradição muito antiga que tem como finalidade combater o calor, são seu maior charme.

Também como todas as cidades do roteiro, Zahara de la Sierra foi ocupada pelos árabes durante muitos séculos e depois reconquistada pelos cristãos, retomada de novo pelos árabes e reconquistada definitivamente pelos cristãos em 1483.

Não há muitos lugares imperdíveis em Zahara, e isso forma parte do seu charme. Como lugar escolhido para o pernoite no nosso roteiro pelos Pueblos Blancos, Zahara é um destino que vai encantar quem procure paz e tranquilidade em um entorno paisagístico absolutamente espetacular. Estacione seu carro próximo da sua hospedagem e parta para recorrer o vilarejo, suas ruas charmosas, seu castelo, seus bares e restaurantes.

Dicas de hospedagem em Zahara de la Sierra

A oferta de hospedagem em Zahara de la Sierra não é muito grande. Consulte as ofertas de hospedagem em Zahara de la Sierra oferecidas por nosso parceiro Booking, a página de reserva de hotéis mais importante do mundo. Booking garante os melhores preços de hotéis, e não cobra quaisquer taxas de reserva ou administrativas. Em muitos casos, as reservas podem ser canceladas gratuitamente.

Dúvidas sobre Zahara de la Sierra?

Se você tiver alguma dúvida sobre Zahara de la Sierra, aproveite a caixa de comentários abaixo para perguntar!

8 comentários em “Zahara de la Sierra, Cádiz”

  1. Avatar

    Olá, excelente seu trabalho. Há muito que tenho desejo de conhecer los Pueblos Blancos, mas minha esposa tem dificuldade de caminhar em sobe e desce de ladeiras. Gostaria que me sugerisse algumas vilas entre Cádiz e Ronda que sejam mais fáceis de estacionar e que o acesso a partir daí não seja tão ingrato. Podemos pernoitar em mais de uma vila para facilitar o trajeto.;
    Muito grato!

  2. Avatar

    Prezado Tony, seu site nos ajudou muito a montar nosso roteiro. Sairemos de Sevilha para Vejer de la Frontera, depois Zahara. Gostamos muito de lugares pequenos. Estamos na dúvida se vale à pena passar uma noite em Zahara ou ir direto para Ronda. Dedicamos 4 dias para os Pueblos Brancos.
    É necessário fazer reserva de hospedagem com antecedencia ou podemos procurar quando chegar?
    Muito obrigado!

    1. Avatar

      Prezado Alexandre, seja bem-vindo ao Espanha Total. Zahara é um vilarejo minúsculo, que não conta com muitas opções de hospedagem. Se vocês deixarem a reserva da hospedagem para o último momento, estarão arriscando a não achar nada disponível. Se sua nacionalidade for brasileira, lembre-se que uma das exigências da imigração espanhola é contar com as resrvas da hospedagem no momento da sua entrada na Espanha. Abraço.

    1. Avatar
      Tony | ESPANHA TOTAL

      Olá Joan. O bate-volta que você está querendo fazer não é recomendável, são tres horas e meia de ônibus para ir (com uma conexão) e tres horas e meia para voltar. Abraço.

  3. Avatar

    Olá Tony, agradeço todas as dicas e roteiros que vocês tem no seu site, estão ajudando demais na minha programação.
    Zahara de La Sierra como você mesmo disse é muito pequena e com poucas opções de hotelaria, teria alguma dica ou sugestão?
    Talvez alguma cidade vizinha?
    Obrigado

    1. Tony | ESPANHA TOTAL
      Tony | ESPANHA TOTAL

      Bom dia, Jurandir, seja bem-vindo ao Espanha Total. Se, mesmo contando com poucos hotéis em Zahara, você achar um que pisque para você, fique na cidadezinha, é linda demais. Nunca ficamos hospedados por lá, por isso não podemos dar nenhuma dica de hospedagem. A alternativa mais próxima é Grazalema. Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *