Rías Bajas

O Grove
Uma paisagem tipicamente galega: “bateas mejilloneras” na Ría de Vigo.

As Rías Bajas (em galego, Rias Baixas) são uma das grandes divisões geográficas do litoral da Galícia. Antes de falar mais sobre elas, é preciso esclarecer o significado do termo ría. As rías são uma característica marcante da costa da Galícia (e também de partes de Astúrias e do norte de Portugal). As rías são um braço de mar que, como se fosse um vale, se adentra na costa. Acidente geomorfológicos similares recebem o nome de lochs na Escócia ou fiordes na Noruega.

As rías da Galícia estão divididas em Rías Altas (aquelas que ficam ao norte do cabo de Finisterre) e Rías Bajas (ao sul do cabo).

As Rías Bajas, todas banhadas pelo oceano Atlântico, são as maiores. De norte a sul, são as rías de Corcubión, Muros y Noya, Arousa, Pontevedra, Aldán, Vigo e Bayona.

Combarro
Típico “hórreo” em Combarro, na Ría de Pontevedra.

É uma região de enorme importância econômica, ligada à atividade pesqueira e à produção de marisco. A grande beleza das suas paisagens atrai muitos visitantes à região, que conta com uma desenvolvida infraestutura turística.

ermita de San Caralampio
Detalhe da ermita de San Caralampio na ilha de La Toja, Ría de Arousa.

Os destaques

Se você estiver planejando visitar a Galicia, vale a pena reservar vários dias para percorrer a região das Rías Bajas, que conta com muitos pontos de interesse:

  • na Ría de Arousa, visite a ilha de Arousa, onde está o vilarejo pesqueiro de O Grove, paraíso do marisco, e também a ilha de La Toja com seu famoso balneário de águas termais. No continente, não perca a linda Cambados.
  • a região da costa próxima de Xanxenxo.
  • na Ría de Pontevedra, o pitoresco vilarejo de Combarro e a cidade de Pontevedra.
  • na Ría de Vigo, a cidade de Vigo.

Cambados
Antigas construções de pedra em Cambados, Ría de Arousa.

Nos meses de verão, uma excursão de barco muito popular que sai de Vigo leva até as remotas Islas Cíes, que formam parte do Parque Nacional das Islas Atlánticas, com praias paradisicas.

Islas Cíes
As Islas Cíes, vistas a partir de Vigo.

As praias do litoral galego são muito bonitas, geralmente selvagens e com pouca infraestutura turística. Por causa do tempo e dos ventos que sopram na região, e principalmente por causa da temperatura gelada da água, são praias para passear mais do que para tomar banho de mar.

Islas Cíes
Praia Pragueira, próxima de Xanxenxo.

Culinária maravilhosa

mariscada
Mariscada em Galícia, um programa imperdível.

As Rías Bajas são uma das principais regiões produtoras de marisco do mundo. Para quem gosta de frutos do mar, a região oferece uma chance única de experimentar marisco fresco, de altíssima qualidade, e por um preço muito inferior ao que seria pago em outras partes do mundo.

Galicia
Videiras na região de Xanxenxo.

No interior das Rías Bajas é produzido um vinho típico da Galícia, de muita qualidade, o albariño. É o acompanhante perfeito para o marisco!

Quantos dias ficar

Calcule que para explorar as Rías Bajas, se você estiver de carro, vai precisar de um mínimo de três noites, embora o recomendável seja dedicar quatro ou cinco noites à região.

Quando visitar

As Rías Bajas podem ser visitadas o ano todo. A região é famosa por contar com tempo ruim 12 meses por ano, com muito vento, frio e, especialmente, chuva. O tempo costuma ser especialmente desagradável durante o inverno, e por isso nossa dica é evitar a região durante esse período do ano.

As Rías Bajas combinam com…

Ao se encontrar no canto noroeste da Península Ibérica, não é fácil combinar a visita à região com outros destinos da Espanha. Aproveite para conhecer outros destinos dentro da Galícia, com destaque para as cidades de Santiago de Compostela e La Coruña.

Dúvidas sobre as Rías Bajas?

Se você tiver qualquer dúvida sobre as Rías Bajas, aproveite a caixa de comentários do presente texto para perguntar.

10 comentários em “Rías Bajas”

  1. bom dia,

    pretendo alugar um carro e levar meu marido para conhecer a região da galicia .
    chego em madri no dia 25.12 e retorno por madri no dia 08 de janeiro a noite.

    gostaria de uma sugestao de roteiro inclusive o reveillon onde seria bom passar e também conhecer as rías bajas ,vigo,santiago de compostela.
    obrigada

  2. oi
    bom dia
    comprei o guia de zaragoza e gostei muito das informações.
    bom gostaria de uma sugestão vou chegar em madri no dia 25.12 e retorno no 08 de janeiro as 21horas para o brasil.

    pretendo chegar e partir direto de trem para santiago de compostela e ficar na região por 4 dias entre pontevedra e santago passeando pelas rías.

    gostaria de no dia 29 a noite de trem ir para porto onde fico o revellon até 01.01.

    saindo de porto no dia 01.
    duvida e gostaria de saber se este 7 dias restante : da para ir a andorra na estação de sky 2 dias e retorna a madri onde fico o tempo restante.

    ou começo a viagem indo a andorra depois a regiao da galicia onde fico 4 dias e depois para porto 2 dias .
    o transporte na regiao da galaicia de carro e restante de trem
    obrigada

    1. Tony | ESPANHA TOTAL

      Prezada Mara, como já indicamos para você na nossa resposta anterior, no presente texto respondemos dúvidas específicas sobre as Rías Bajas. Por gentileza, aproveite nossa consultoria de roteiros, um serviço gratuito para leitores dos nossos guias como você, para deixar sua consulta, onde responderemos ela o antes possível. Abraço.

    1. Tony | ESPANHA TOTAL

      Mara, você não está lendo as respostas que estamos dando para você? Se você não ler as respostas, vai ficar difícil qualquer comunicação. Veja a resposta que demos para sua anterior consulta, indicando o espaço adequado para deixar futuras consulta sobre roteiros. Aguardamos você por lá. Abraço!

    1. Tony | ESPANHA TOTAL

      Dediquem um dia para conhecer Vigo e Pontevedra, com uma pequena esticada até Combarro. No segundo dia, visitem a ria de Arousa, conhecendo o lindo vilarejo de Cambados e chegando até O Grove, onde há um passeio de catamarã muito legal. Entrem também na Isla de la Toja. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *