Grazalema, Cádiz

Grazalema, Cádiz

O que não falta na província de Cádiz, na Andaluzia, são vilarejos lindos e pitorescos. Grazalema é mais um exemplo. Suas casas pintadas de branco, uma tradição muito antiga que tem como finalidade combater o calor, são seu maior charme.

Grazalema é também um dos vilarejos visitados no nosso roteiro de carro pelos Pueblos Blancos e Ronda. Entre todos os vilarejos visitados na rota, Grazalema é provavelmente o mais lindinho e melhor cuidado de todos.

Grazalema, Cádiz

Grazalema é um vilarejo pequeno, contando com pouco mais de 2.000 habitantes, que vivem principalmente da agricultura e o turismo.

Grazalema, Cádiz

Grazalema já estava povoada nos tempos da pré-história, mas sua origem data dos tempos da colonização romana. Foi ocupada pelos árabes em 715 e reconquistada pelos reis cristãos em 1485.

Grazalema, Cádiz

Grazalema fica no coração do Parque Natural de la Sierra de Grazalema e, curiosamente, é um dos pontos da Espanha onde mais chove ao longo do ano.

O que fazer em Grazalema

Grazalema, Cádiz

As seguintes dicas sobre o que fazer em Grazalema são válidas para quem está seguindo nosso roteiro de carro pelos Pueblos Blancos e Ronda. O encanto em Grazalema e em outros Pueblos Blancos é que não contam com monumentos ou lugares imperdíveis que você deve visitar de qualquer maneira. São destinos para serem vividos, percorrendo suas ruas e se deliciando com os pequenos detalhes, com os cantinhos charmosos, com as surpresas que vão aparecendo ao longo da visita.

Grazalema é muito menor que Vejer de la Frontera e Arcos de la Frontera, e como resultado sua visita vai ser mais rápida. Pelo planejamento do roteiro, você vai chegar no vilarejo na hora do almoço, e deverá aproveitar a grande oferta de restaurantes para fazer sua refeição aqui.

Nossa orientação para organizar sua visita o vilarejo é:

  • estacione seu carro em qualquer um dos dois espaços públicos habilitados com esse propósito (gratuitos). Veja o mapa de Grazalema, onde eles estão identificados com a letra P. Grazalema é um vilarejo muito pequeno, não vale a pena entrar pelas suas estreitas ruas de carro.
  • escolha um restaurante para fazer seu almoço. No mapa de Grazalema identificamos onde ficam localizados a maioria dos restaurantes do vilarejo.
  • aproveite para dar uma volta pelo vilarejo. Na rua principal há várias lojas que vendem produtos típicos da região.

Grazalema, Cádiz

A truta é um dos pratos típicos da região e você certamente poderá aproveitar para experimentá-la aqui.

Dicas de hospedagem em Grazalema

A oferta de hospedagem em Grazalema se divide entre hotéis e apartamentos/casas rurales.

Consulte as ofertas de hospedagem em Grazalema oferecidas por nosso parceiro Booking, a página de reserva de hotéis mais importante do mundo. Booking garante os melhores preços de hotéis, e não cobra quaisquer taxas de reserva ou administrativas. Em muitos casos, as reservas podem ser canceladas gratuitamente.



Booking.com

Mapa de Grazalema

O presente mapa de Grazalema identifica a localização dos lugares mencionados no texto.

Dúvidas sobre Grazalema?

Se você tiver alguma dúvida sobre Grazalema, aproveite a caixa de comentários abaixo para perguntar!

6 comentários em “Grazalema, Cádiz”

  1. Oi Tony! Parabéns pelas postagens! Estou varrendo a internet buscando o máximo de informações sobre a Rota dos Pueblos Blancos e seus posta são os melhores e mais completos! Continuo em dúvida apesar de já ter tido uma idéia lendo aqui. Vou ficar 3 dias em Sevilla e sairemos de carro pra mais 3 dias em Ronda em julho deste ano. Pensei em seguir seu roteiro de 3 dias mas direto de Sevilla para Arco de La Frontera, e depois seguir parando nas cidades interessantes de los Pueblos (pensei em Arco de la Frontera, El Bosque, Villuenga del Rosário, Grazalema até Ronda. Será verão, julho, penso em sairmos as 8:00 de Sevilla sem pressa de chegar em Ronda pois ainda teremos 2 dias por lá. Acha possível? Se tiver alguma dica melhor por favor me dê! Precisamos sair de carro de Sevilla e chegar em Ronda no mesmo dia. Obrigada!

    1. Prezada Tatiana, seja bem-vinda ao Espanha Total. O problema da sua proposta é que você está querendo fazer em um único dia o que programamos para ser feito em dois ou três dias. Isso é maraturismo, uma prática que tentamos desincentivar. Por um lado, você está querendo fazer uma corrida maluca pelos Pueblos Blancos, e por outro, você está dedicando um prazo de tempo (três dias) que parece longo demais para o que Ronda tem a oferecer. O ideal seria tirar dias de Ronda para poder destiná-los aos Pueblos Blancos. Abraço.

  2. Olá Tony!!!
    Estou tentando aproveitar ao máximo de suas preciosas dicas.
    Como não tenho muito tempo estou pensando em alugar um carro em Sevilha e passar por apenas alguns pueblos blancos e dormir em Ronda. De lá sigo para Granada.
    Pensei em fazer algo do tipo:
    9 h sevilha
    10:30 zahara de la sierra 1:30 na cidade
    12:00 olvera 30 minutos
    13:00 Setenil de las Bodegas 1:30 na cidade- almoço
    15:00 ronda pernoite
    Tem alguma outra sugestão para esse dia?
    Que estrada pego?
    muito obrigada

    1. Tony | ESPANHA TOTAL
      Tony | ESPANHA TOTAL

      Bom dia, Adriana, no presente texto respondemos consultas sobre Grazalema. Aproveite a consultoria de roteiros para deixar sua pergunta, responderemos o antes possível. Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *