Menu

como calcular o valor dos pedágios nas rodovias espanholas

autovía

No texto os tipos de estrada na Espanha, que forma parte do nosso dossiê com tudo o que você precisa saber sobre dirigir na Espanha, explicamos quais são as diferenças entre as estradas espanholas. E falamos sobre as “autopistas”, que podem ser gratuitas ou pedagiadas (em espanhol, de peaje, identificadas no mapa pelas letras AP).

No presente texto vamos explicar como saber se o trecho que você está querendo percorrer de carro conta com alguma “autopista de peaje”, e também como saber qual será o valor de pedágio a ser pago.

Para isso vamos usar a página web Via Michelin. Na hora que você abrir a página, vai ver um grande mapa da Espanha na parte central, e uma coluna para realizar suas pesquisas na parte esquerda.

Como exemplo, vamos simular a rota Barcelona – Girona. Coloque “Barcelona” na janela A e “Girona” na janela B. E clique no símbolo da lupa para pesquisar.

As diferentes opções de rota vão aparecer marcadas no mapa, junto com várias informações na parte inferior central. Desça agora para visualizar a informação que fica escondida na parte inferior da página.

Chegando na parte “Coste estimado” você vai ver o valor correspondente aos pedágios, neste caso 8,90€ (no momento de publicar o presente texto). A valor mostrado aqui corresponde a soma de todos os pedágios entre o ponto de origem e o ponto de destino do nosso exemplo.

Via Michelin também mostra uma rota alternativa sem pedágios. Tome cuidado, sua economia pode sair cara. O normal é que quando há uma rodovia não pedagiada paralela a uma rodovia pedagiada, a primeira esteja lotada de caminhões, com trânsito pesado e com mais riscos de condução.

Em caso de dúvida, pergunte para a gente, pesquisaremos o trecho do seu interesse para você!

Mais informações sobre dirigir na Espanha

Este texto forma parte do nosso dossiê sobre dirigir na Espanha.

25 comentários em “como calcular o valor dos pedágios nas rodovias espanholas”

  1. Avatar

    Nossa, Tony, não conhecia esse Via Michellin. Adorei. Dá até o quanto se gasta de combustível. Vc acha que no caso quando dá mais de uma opção de trajeto, posso escolher o mais curto? Isso no Pueblos Blancos que pesquisei um por um. Obrigada pelas dicas valiosas.

    1. Avatar

      O Via Michelin é mão na roda! Nos Pueblos Blancos, siga nosso roteiro. A escolha do trajeto mais curto é válida quando o propósito da viagem é chegar de A a B sem se importar com nada mais.

  2. Avatar

    Olá….estou adorando essa página…estou indo a Madrid esse domingo, dia 19/04 vou a segovia e a avila….gostaria de saber se recomendam a rota sem pedágios para mim no trecho Madrid -> Segovia -> Avila -> Madrid….pelo seu comentário sobre as rotas alternativas eu fiquei um pouco inseguro em ir na alternativa.

    Aguardo retorno….parabens pela página

    1. Avatar
      Tony | ESPANHA TOTAL

      Bom dia, Jefferson, por gentileza, não deixe suas consultas para o último momento, pode acontecer da gente não ter tempo de responder! Pegue a estrada pedagiada, está tendo muitos problemas com neve nas estradas e achamos melhor não arriscar. Abraço.

    2. Avatar
      RIANE NUNES DE OLIVEIRA

      Olá!
      Gostaria de saber se há cobrança de pedágios nós trechos Madri > Granada > Sevilha > Madri.
      Pesquisei no Via Michelin mas ele não indicou valor de pedágio.

      Grata!

      1. Tony | ESPANHA TOTAL
        Tony | ESPANHA TOTAL

        Bom dia, Riane. O Via Michelin não mostrou valores de nenhum pedágio porque não há estradas pedagiadas nos trechos que você está pesquisando. Abraço.

          1. Tony | ESPANHA TOTAL

            Bom dia, Alexandre, e seja bem-vindo ao EspanhaTotal. Na verdade os guias não estão traduzidos, foram redigidos diretamente em português. 100% português. Abraço.

  3. Avatar

    Olá! Em Maio eu e minha tia vamos de Málaga a Laroles de carro. Apenas decidimos ir de carro pois é um vilarejo de difícil acesso por ônibus, pois temos pouca prática em dirigir na estrada. Pelo Via Michelin eles indicam caminho mais longos do que o indicado pelo Google Maps, e parece que os caminhos do Via Michelin tbm são mais tortuosos. Saberia indicar qual o melhor caminho para nós? Mesmo que seja mais longo, se for menos tortuoso já ajuda rs

    Obrigada!

    1. Avatar
      Tony | ESPANHA TOTAL

      Bom dia, Lara, nunca percorremos a região de Laroles e por isso não temos como saber qual seria o melhor caminho. Em teoria, o caminho menos tortuoso deve levar pela A-7, paralela ao mar, até Adra, e dali rumo ao norte até Laroles. Abraço.

  4. Avatar

    Boa tarde, Tony. Vou alugar carro em Portugal e usá-lo para ir a Madri, indo por Viseu (norte). Minha dúvida quanto a pedágios é a seguinte: em Portugal há estradas onde o pedágio é totalmente automático, sem cabines de cobrança. Isso existe na Espanha também? Ou em todos há alternativas de cabine de cobrança onde não terei problema em pagar com dinheiro. Aproveitando, outra questão (esta fora de local): pelo que já pesquisei não haverá problema em abastecer com diesel na Espanha em carro português, certo? Obrigado

  5. Avatar
    Roger Maia de Carvalho

    Olá. Gostaria de saber como é pago os pedágios? Aqui no Brasil temos a opçao de pagar em cash, na cabine; ou entao de fazer um cadastro e vir a fatura no cartao (Sem Parar). Isso tem lá tb?
    Att
    Roger

    1. Tony | ESPANHA TOTAL
      Tony | ESPANHA TOTAL

      Olá Roger, nos pedágios você pode pagar com efetivo ou com cartão de crédito. Também existem os sistemas eletrônicos similares ao Sem Parar, que unicamente fazem sentido se você mora na Espanha, possui conta bancária na Espanha e viaja muito pelas autopistas do país. Abraço.

  6. Avatar

    Olá,para ir de Madri até Barcelona ,tem que pegar as rodovias pedagiadas ou as outras estradas são boas ?Vamos dia 19/11 . Estamos em dúvida se vamos de trem ou carro ,pelo custo e tempo.Estamos em quatro pessoas.Obrigada.Ana Maria

  7. Avatar

    Olá Tony, já nos conhecemos em 2015, quando fui para Madrid, Toledo e Barcelona, comprei seus guias e foram ótimos. Agora em 2019 estou pensando em conhecer a Andaluzia, já comprei seus 4 guias da região. Não conhecia o site da ViaMichelin, comecei a usá-lo para mensurar melhor meus gastos, pois estou pensando em alugar um carro, e estou achando ótimo. Minha dúvida é na estimativa de custo, seguindo seus passos, chegando na parte “coste estimado”, o valor diz “incluindo combustível”, mas não menciona pedágio. vc tem como saber se é combustível + pedágio? Obrigada

    1. Tony | ESPANHA TOTAL

      Bom dia, Simone, seja bem-vinda de volta à Espanha! Se nos resultados do Via Michelin, na parte dos custos, não aparece a frase “Con peaje” é porque não há pedágios no trecho pesquisado. Para sua felicidade, na Andaluzia há poucos pedágios. Lembre que, como leitora dos nossos guias, você conta com uma consultoria de roteiros, onde teremos o maior prazer em ajudar você a aprimorar a programação do seu passeio pela Espanha. Abraço.

  8. Avatar

    Boa noite, Tony,

    Estou indo para Madri dia 01/06/2019 e gostaria de saber se vale a pena alugar um carro para fazer o roteiro Madri > Granada > Sevilha > Madri, ou se é melhor outro meio de transporte.

    Vou dia 01 e volto dia 13 com mais uma pessoa.

    1. Tony | ESPANHA TOTAL
      Tony | ESPANHA TOTAL

      Bom dia, Jorge, pode valer a pena, apesar de que também dá para completar o roteiro com outras alternativas de transporte. No presente texto respondemos dúvidas sobre os pedágios nas rodovias espanholas. Contamos com um espaço específico para consultas sobre roteiros, é nossa consultoria de roteiros, um serviço gratuito para os leitores dos nossos guias. Abraço.

  9. Avatar

    Boa noite, Tony.
    Estarei indo para a Espanha no final do mês e pretendo alugar um carro para ir de Barcelona a Valência, depois a Madrid, a Bilbao, San Sebastian, Biarritz, voltando para Barcelona, tudo em 15 dias. Serão 3 pessoas e uma criança (1 ano). Acho que terei mais liberdade. O problema, imagino eu, que não poderei circular de carro por estas cidades, tendo que deixar o carro em estacionamentos. Tu achas que vale a pena ou será melhor fazer tudo com transporte público?
    Abraço,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima